A DIVISÃO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA


Introdução Docentes Corpo Técnico/Administrativo Graduação Pós-Graduação

INTRODUÇÃO


A Divisão de Engenharia Eletrônica do Instituto Tecnológico de Aeronáutica – IEE – mantém Cursos de Graduação e de Pós-graduação stricto sensu, sendo a precursora no Brasil nestas áreas de especialização da Engenharia Elétrica, formando a sua primeira Turma de Engenheiros de Eletrônica em 1953 e titulando o primeiro Mestre em Ciências no ano de 1963 e o primeiro Doutor em Ciências no ano de 1970.

A Divisão de Engenharia Eletrônica é uma das cinco Divisões de Ensino profissional do ITA, que conta ainda com as Divisões de Ensino Fundamental e de Pós-graduação. A Divisão é constituída de quatro Departamentos:

A Divisão de Engenharia Eletrônica também mantém, em conjunto com a Divisão de Ciência da Computação, o Curso de Engenharia de Computação. Nos dois primeiros anos profissionais desse Curso, cada uma dessas Divisões é responsável por aproximadamente 50% das matérias do seu currículo.
O Curso de Engenharia Eletrônica  e o de Engenharia de Computação admitem cerca de 50 alunos (aproximadamente 50% cada), anualmente.
A Divisão de Engenharia Eletrônica é responsável, no Curso de Pós-graduação em Engenharia Eletrônica e Computação, PG-EEC, pelas seguintes Áreas de Concentração:

Uma quinta Área de Concentração do PG-EEC, a de Informática – PG-EEC/I, é conduzida sob responsabilidade da Divisão de Ciência da Computação.


Para mais informações escreva para:

Secretaria da Divisão de Engenharia Eletrônica do ITA:
CTA - ITA - IEE
Praça Mal. Eduardo Gomes, 50 - Vila das Acácias
12228-900. - São José dos Campos - SP
Tel/fax: (012) 3947-5878 - Fax: (012) 3947-5878 


CORPO DOCENTE DA DIVISÃO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA - IEE


(OBS.: as áreas de atuação na pós-graduação dos docentes com titulação de Doutor são apresentadas concisamente no quadro de "docentes" de cada uma das Áreas de Concentração do Curso de Pós-graduação em Engenharia Eletrônica e Computação)

DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA APLICADA - IEEA

DEPARTAMENTO DE MICROONDAS E ELETROÓPTICA

DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E CONTROLE

DEPARTAMENTO DE TELECOMUNICAÇÕES

INÍCIO

CORPO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO DA DIVISÃO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA - IEE

INÍCIO

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELETRÔNICA

O Curso de Graduação em Engenharia Eletrônica é um curso pleno de engenharia, com duração de cinco anos, em regime seriado. Após a formação básica comum a todos os cursos de engenharia do ITA, no Curso Fundamental com duração de dois anos, o Curso Profissional de Engenharia Eletrônica, com duração de três anos, forma engenheiros de concepção e seus alunos devem ter fortes bases científicas em Matemática, Física e Informática. Os dois primeiros anos do Curso Profissional de Eletrônica promovem uma formação balanceada nas áreas de Telecomunicações, Sistemas de Controle, Eletromagnetismo e Eletrônica Aplicada. Um certo grau de especialização pode ser obtido no último ano de sua formação, através de matérias (disciplinas) optativas e da escolha do tema do Trabalho de Graduação.


O aluno do 3º Ano Profissional de Eletrônica pode optar por até duas matérias (em três optativas) de outros Cursos do ITA, inclusive de Pós-graduação, a cada Período (semestre letivo), o que, associado ao conjunto de matérias que compõem o Currículo Mínimo de Formação Geral do Engenheiro (Economia, Administração, etc.), permite formar engenheiros com conhecimentos adicionais em gerência de pesquisa e desenvolvimento, marketing em engenharia, etc.


O profissional formado deve ser capaz de atuar tanto com o hardware como com o software de sistemas analógicos e digitais. O currículo do Curso de Engenharia Eletrônica é, atualmente, constituído de 29 matérias semestrais obrigatórias, incluindo as de formação geral do engenheiro e uma de Matemática, e seis optativas, além de um Trabalho de Graduação (2 semestres letivos).
O Trabalho de Graduação, na maior parte das vezes associado a estágios ou a bolsas de Iniciação Científica, consiste no desenvolvimento de um projeto que tem por objetivos:

  • desenvolver nos alunos o espírito de iniciativa e a capacidade de equacionar e resolver problemas;
  • estimular os alunos a usar os conhecimentos adquiridos durante o curso; e
  • reforçar os elos entre o ITA e indústrias e ógãos de ciência e tecnologia, particularmente do Setor Aeroespacial.

O aluno de graduação do ITA, de desempenho superior, poderá se inscrever no Programa Integrado Graduação-Mestrado, PIGM, desenvolvendo um Trabalho de Graduação que possa evoluir para uma Tese de Mestrado e cursar matérias de pós-graduação valendo créditos para o Mestrado, de modo a poder ser titulado como Mestre em Ciências no prazo de um ano após a graduação.

INÍCIO